HTML5 e a simplificação das Tags

HTML5_TagsO caminho delineado para a evolução do HTML vai ao encontro da simplificação. Já num artigo anterior falei sobre a simplificação na declaração do DOCTYPE. A meta informação que se deveria de incluir para definir o tipo de conteúdo também foi simplificado, ficando somente o código de caracteres que deverá ser utilizado pelo servidor. Apesar desta simplificação, continua a ser aconselhado a inserção do charset por razões de segurança.

HTML4.01

<meta http-equiv="content-type" content="text/html" charset="utf-8">

HTML5

<meta charset="utf-8">

O atributo type foi outro elemento retirado nas especificações do HTML5:

HTML4.01

<link rel="stylesheet" type="text/css" href="style.css">
<script type="text/javascript" src="script.js"> 

HTML5

<link rel="stylesheet" href="style.css">
<script src="script.js"> 

Inclusivé a utilização de aspas (“) passou a ser opcional, desde que o valor do atributo não contenha espaços:

HTML5

<link rel=stylesheet href=style.css>
<script src=script.js> 

Claro que esta última utilização, somente por razões de retro-compatibilidade não é aconselhável (mas será algo que se espera encontrar de futuro).

Várias tags deixaram de exigir o seu correto “fecho” – <p>, <li>, <tr>, <td>, <body>, <html>, … – mas, e uma vez mais por razões de retro-compatibilidade, o W3C aconselha a que continue a fechar a tag.

No próximo artigo abordarei as novas tags que visam uma web semântica. Até lá.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *