“O que te vai na cabeça?”

Adults_Having_FunEm 2012 desenvolvi uma palestra entitulada “Emoção através da Interação“.A ideia surgiu do projecto “The Fun Theory” e da oportunidade de fazer uma apresentação sobre criatividade em dueto com o Hugo Fernandes para uma turma de design da sua antiga Escola Secundária. Digamos que foi um bom local para experimentar material e analisar as reações provocadas.

Tive o previlégio de apresentar essa palestra por mais duas vezes, e para um público empresarial – NOS e Bold Int. O objetivo dessa palestra foi principalmente levantar algumas questões e apresentar nenhumas respostas. Tenho em crer que os participantes deverão conseguir encontrar algumas respostas por si próprios. Isto é, o grande propósito foi criar dúvidas, incentivar a pensar no assunto e seguramente que não existirá uma só resposta certa.

O que nasceu como uma mera “brincadeira” para espicaçar a criatividade, tem-me acompanhado em pensamento quase diariamente. Novas formas de entregar a mensagem, com uma base mais sólida e consistente, melhor ponderação sobre o tema e desviar o tema “criatividade” para “conhecimento”.

Nas próximas semanas irei continuar a trabalhar no assunto. Até breve.

“Emoções através Interacções” na ZON

Para quem não conhece a ZON, é uma das maiores operadoras de PayTV e Internet de Portugal. A empresa tem uns eventos internos mensais chamados de “ZON Web Talks” onde convidam oradores de diferentes empresas e/ou áreas de negócio. A única agenda que o evento exige, duas apresentações, uma técnica e uma mais inspiracional/criativa.

Fui convidado pelo Hugo Silva para estar presente na terceira edição, a quem estou imensamente agradecido pelo convite. O evento realizou-se hoje no novo edifício da ZON no Campo Grande – Lisboa e o ambiente foi muito bem disposto e informal.

A primeira apresentação esteve a cargo do Ricardo Nascimento, um Project Manager na InnoWave Technologies, que falou sobre “Aplicar AGILE SCRUM em projectos de IT” e foi bastante interessante. Sou um grande defensor dos princípios de Agile SCRUM .

A meu cargo ficou o slot para a apresentação inspiracional, e a receptividade não podia ter sido melhor. Levava um propósito específico, iniciar uma série de “curto-circuitos” nas mentes dos participantes…felizmente todos entraram na disposição certa.

Tentei mostrar o porquê de brincar ser tão importante, porque é que um adulto não tem de ser enfadonho e “quadrado”, e acima de tudo, quando alguém está feliz e a brincar, o seu lado mais criativo – sim, cada um de nós pode ser criativo – terá as ideias mais mirabolantes. Afinal de contas, todos nós já fomos crianças e jovens, basta nos recordar o que faziamso e as sensações dessa condição…e voltar a fazer o mesmo mas agora na nossa vida e mesmo no trabalho.

Diverti-me imenso e gostaria de enviar os parabéns ao Hugo Silva pela organização, e claro agradeço também a todos os participantes, por cada sorriso, cada “levantar de sobrancelha”, cada interacção…é por isso que gosto de ser orador.

Um grande obrigado à ZON e espero vos reencontrar a todos noutra altura.

Se ficaram curiosos e gostariam de saber mais sobre a possibilidade de apresentar num evento privado da vossa empresa, basta me enviar um email a dizer “Olá”, e eu terei todo o gosto em vos ajudar 🙂